Espondilite Anquilosante

Dor devido à espondilite anquilosante

O que é?

A espondilite anquilosante é um tipo de inflamação que afeta das articulações da coluna e das grandes articulações, como quadris, ombros e outras regiões. Apesar de não existir cura para a doença, o tratamento precoce e adequado melhora os sintomas:  dor  e ajuda a manter a mobilidade das articulações acometidas e uma  postura ereta.

O que causa?


A causa é desconhecida mas afeta principalmente pessoas que possuem um marcador genético, o HLA-B27. Ocorre mais frequentemente em famílias, afeta três vezes mais os homens do que as mulheres, entre os 20 e 40 anos de idade.
 

 

 

 

 

Quais os sintomas?

Dores na coluna que surgem de modo lento ou insidioso durante algumas semanas, associadas à rigidez matinal da coluna, que diminui de intensidade durante o dia. A dor persiste por mais de três meses, melhora com exercício e piora com o repouso. A doença começa nas juntas entre o sacro e a pélvis, denominadas juntas sacroilíacas. Articulações dos quadris, joelhos, tornozelos e ombros também são afetadas com frequência. Inflamação nos olhos (irite ou uveíte) também pode ocorrer. Acometimento do coração, pulmões e sintema nervoso central são complicações raras. Inflamação da pele (psoríase) e do intestino (colite) podem estar associadas à Espondilite em alguns pacientes.

Diagnóstico

É baseado no conjunto de sintomas, exames de imagem e exames laboratoriais. Dor na coluna é uma das queixas mais comuns nos consultórios médicos. Embora a grande maioria dos pacientes com dor na coluna não tenha espondilite anquilosante, o médico deve reconhecer as diferentes causas em cada paciente.

Tratamento

Apesar de não haver cura para a espondilite anquilosante, o paciente deve estar consciente de que o tratamento deve durar para sempre. O tratamento objetiva o alívio dos sintomas e a melhora da mobilidade da coluna onde estiver diminuída, permitindo ao paciente ter uma vida social e profissional normal. O tratamento engloba uso de medicamentos - analgésicos para melhora da dor e outros para controle da atividade da doença/modificadores da evolução da doença -, fisioterapia e exercícios.

Novas terapias biológicas

Representam um significado avanço no tratamento de pacientes que não repsonderam à terapia convencional. A terapia biológica consiste em injeções subcutâneas ou intravenosas de medicações que combatem a dor, inflamação e as alterações da imunidade presentes na doença.

Fonte: Comissão de Espondiloartrites 2012 - SBR

Faça sua inscrição online. É fácil, rápido e seguro.

©  2003 por CCBR Brasil Centro de Pesquisas e Análises Clínicas                                                                         

Rua Mena Barreto, 33 - Botafogo - Rio de Janeiro

Tel: 021 2527 - 79 79

  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • RSS Social Icon
  • Google ícone social Places